h1

Fashion Rio: balanço 1º dia

janeiro 13, 2011

O clima fez das suas na terça, 11 de janeiro, no Rio. Fechado pela manhã, quente e ensolarado à tarde, chuvoso e dramático à noite. Na passarela, da alegria esfuziante da Alessa ao clima soturno da Patachou, a coisa se passou na mesma intensidade. Confira.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Alessa

Abrindo a temporada carioca, garotas de óculos e cabelos presos sugeriam certa contenção nos excessos da Alessa. Dos ombros para baixo, entretanto, a coisa era como costuma ser. E nem havia mesmo motivo para ser diferente, considerando que a estilista se movimenta bem é no excesso. Para os vestidos e calças, muito amplos e de movimento lânguido, a estilista reservou brilhos, estampas de jujubas, cupcakes e outras balas, agasalhou o conjunto com casaquetos de pelúcia colorida, e cunhou algo assim como um estilo de bomboniére retrô.

Filhas de Gaia

A proposta de recriar o ambiente de um romance policial assinado por Agatha Christie, levando tudo que é do universo masculino para o guarda-roupa das garotas, funcionou. As ambiguidades se desdobraram na silhueta, ora estruturada, ora ondulante, em função dos babados, e também na utilização da alfaiataria em soluções tradicionais e em experimentações formais, deslocando o funcional para o decorativo, por exemplo.

Melk Z-Da

O estilista partiu de uma lenda que registra a presença de uma mulher de longa cabeleira transitando pelas paisagens da ilha Fernando de Noronha. O mote serviu para acentuar o tom surrealista que ele corteja em coleções. É daí que surgem casacos-perucas, texturas inesperadas e volumes idem. E também os ombros e mangas que não obedecem cegamente a anatomia. Uma coleção elaborada como ele costuma fazer, fiel ao estranhamento que ele costuma apresentar e, nos dois casos, mais extremada que de outras vezes.

Patachou

Apanhando bastante nas últimas aparições, a Patachou mostra que tem resistência, não perde a direção que lhe valeu as críticas, cresce com elas, e vai impondo algo que começa a ter forma de coerência. O pano de fundo são os filmes de suspense. A roupa é sensual, dramática e em cores escuras.

Fotos: © Agência Fotosite

Texto: Use Fashion

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: